terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Dilma Rousseff deveria terceirizar a Presidência



Estou falando sério. Como não dá para terceirizar , deveria ter uma espécie de primeiro ministro. Os mais capacitados no PT, neste momento, são Tarso Genro (RS) e Alexandre Padilha (SP).

Um desses dois ou os dois juntos, por que não?, é quem deveria cuidar das questões políticas, especialmente da relação do governo Dilma Rousseff com o Congresso Nacional, e muito especialmente com a Câmara dos Deputados.

Dilma Rousseff tem um enrosco danado em duas frentes:

- na economia, que começa a fazer água, e
- na Petrobras, que se afunda num imenso lamaçal fétido dia após dia.

De Dilma Rousseff se espera tudo, inclusive que termine o seu mandato de maneira mais tranquila.

Honestidade e competência não lhe faltam. Muito pelo contrário.

Acontece que lutar em várias frente não é tarefa das mais fáceis. Fiz uma reflexão dia desses, dizendo não entender como a presidente não enfartou ainda.

Já há quem diga, entre os seus raros sensatos oposicionistas, que assim que a caixa de pandora do Lava Jato abrir-se para lados do Congresso Nacional, a presidente vai ter um refresco, e a caca toda da estatal petroleira vai ser dividida entre muita gente.

Agorinha há pouco postei uma reflexão no Facebook que repito aqui:

A CHAPA DA PETROBRAS COMEÇA A ESQUENTAR
Enquanto o PT insiste na tese de que a oposição (leia-se PSDB) quer privatizar a Petrobras, sindicância da própria empresa indica que pelo menos 2 mil funcionários seus participaram ativamente da corrupção de grassa (ou grassou) solta por lá.
Ou seja, a situação chegou a tal grau de deterioração que nem os discursos batem mais.
Mas vem mais chumbo por aí, com a revelação loguinho, loguinho pelas investigações (que já está em seu nono estágio – até parece novela da Globo) envolvendo nomes de parlamentares de todos os partidos na falcatrua.
A pergunta que se tem de fazer de agora em diante é se haverá vagas nas penitenciárias pra tanta gente.
E como diz a minha amiga Maria Betânia Fernandes, Dilma Rousseff só está "cubando".

A questão é que essa caca toda vai cada vez mais feder na pele do Partido dos Trabalhadores.

Ela também vai aguentar a pressão interna? A ser ver.

Minha sugestão, que eu sei que vai chegar aos seus ouvidos, é que após passar a faixa presidencial em 1º de janeiro de 2019 ela dê um tempo, peça licença do PT, pegue a filhota e a netinha e vá dar umas voltinhas pelas Oropas e pelo Oriente por uns bons 3 anos.