domingo, 30 de novembro de 2014

Autoritarismo de esquerda é uma praga



Uma amiga de Facebook está sendo duramente criticada por “companheiros de esquerda” por ter postado um texto sobre os protestos de ontem, em São Paulo, liderados pelo compositor e cantor Lobão.

Na verdade ela repostou uma postagem minha, feita logo em seguida à notícia de que o protesto estava acontecendo no vão do MASP, na avenida Paulista.

Era esta:

AS LOBAGENS DO BOBÃO
Fala sério! De novo 500 pessoas no vão do MASP protestando contra a Dilma Rousseff?
E ainda liderados pelo Lobão!!!!
Isso é falta de dar.
(a foto é do jornal O Estado de São Paulo)

Por extensão a censura dos “esquerdistas” cabe a mim  também.

Crédito: O Estado de São Paulo
Ah essa democracia

O brasileiro tem uma grande dificuldade de conviver com o Estado Democrático de Direito.

É verdade que não está acostumado com isso, mas pelo menos desde o fim da ditadura militar (1985) já deveríamos ter avançado um pouco... mas estamos patinando.

A Democracia somente se expressa na plena liberdade de expressão.

Podemos votar, por exemplo, e, por exemplo, votávamos durante a ditadura militar. Mas o voto coagido e constrangido não expressa Democracia.

Podemos ter também a profissão que quisermos ou professar a religião que preferirmos. Nada disso define uma Democracia.

É isso que essa gente – de esquerda, de direita ou de lado nenhum – não entendeu ainda. E provavelmente não vá entender até que a morte os separe da sua insânia e ignorância política.

Quem sabe daqui há duas ou três gerações seja possível que atinjamos de vez a Democracia.

Antes não acredito não.

Limpando a área

Dia desses postei que iria fazer uma limpa nos meus “amigos” do Facebook, gente, em sua maioria, que não conheço e provavelmente não virei a conhecer “pessoalmente” nunca.

Estou um pouco aborrecido com o que ando lendo em suas postagens. Não se lutou tanto para por um fim à ditadura militar para depois a gente ouvir coisas como estamos ouvindo (e lendo), especialmente de gente que se diz de esquerda.

Não são de esquerda, são o que eu chamo de pseuda esquerda. Apenas votantes do Partido dos Trabalhadores por alguma conveniência ou necessidades quaisquer.

Não comecei a limpa ainda. Hoje pela manhã tinha 3.132 “amigos” e agora à tarde 3.129.

O que houve? Três desses amiguinhos (na verdade amiguinhas) ficaram agastados/as com uma outra postagem minha sobre desmatamento no Brasil.

A postagem era a seguinte:

TOME TENTO DILMA ROUSSEFF
É muita cara de pau do governo federal dizer que o desmatamento caiu. Só na Amazônia ele cresceu 467%, de outubro do ano passado a este.
Dados: Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), de Belém.


Essa gente, se fosse para o Poder, seria um perigo para a Democracia.

Aí está a mágica de Lula da Silva e de Dilma Rousseff, que conseguem domar a ira dos insanos para manter o Partido dos Trabalhadores por quatro mandatos consecutivos no Palácio do Planalto.

Fosse deixar a coisa por conta dos insanos, provavelmente os meios de comunicação já teriam sido estatizados, as fazendas incendiadas e os capitalistas decapitados.

Crédito: www.zazzle.es
Alguma coisa do tipo como o que ocorreu na URSS, a partir de Stalin, com seus gulags, com gente desaparecendo dos livros de história e sendo apagada de fotografias (e olha que nem existia o photoshop).

Esse tipo de gente não interessa. São raivosos, rancorosos, incapazes de dar conta de suas vidinhas medíocres, daí o ódio e a insânia contra tudo e contra todos que vão contra os seus interesses, sonhos e devaneios.

Se equiparam aos coxinhas raivosos das manifestações do Lobão, e não por acaso são chamados de empadinhas (os coxinhas de esquerda).

E.T. Acabei de encontrar uma amiga que agora está trabalhando na CNA (a confederação da agricultura da Kátia Abreu, que deve ser ministra de Dilma).

Inicialmente brinquei com ela, se não queria levar uma bolsa com uma bomba e deixar debaixo da mesa da senadora.

Mas falando sério: estou contente por ela estar a Confederação. Trata-se de uma profissional extraordinária, de uma técnica experiente e competente, e quem sabe ela consiga dar novos rumos àquela Instituição.

Vamos torcer.