sábado, 20 de dezembro de 2014

Tá rindo de que, Dilma Rousseff?


Crédito da foto: exame.abril.com.br

Passei toda minha infância ouvindo que o mundo ia acabar naquele ano, e que naquele mesmo exato ano ocorreria o último eclipse do século.

Bem... essa história de o mundo acabar não me preocupava muito não, pois mais cedo ou mais tarde ele vai acabar mesmo, e se não acabar a gente morre mesmo, então qual é a diferença?

O que me deixava puto mesmo era essa história de o último eclipse do século.

Caramba! Eu nasci na metade do século 20 e não ia mais ver nadica de nada? Sacanagem!

Mas além das histórias do fim do mundo e do eclipse a gente ouvia outras muito mais cabeludas:

- até o final do século o ser humano terá destruído toda floresta amazônica;
- os protestantes vão ser maioria até o ano 2000 e vamos ser todos obrigados a assistir semanalmente aos cultos;
- o sexo livre e a pílula anticoncepcional vão levar as mulheres a dominar os homens, e adeus filhos, adeus futuro da humanidade.

Tá certo que uma história não batia com a outra – fim do mundo, liberação das mulheres, protestantes, pílula anticoncepcional – mas sabe como é que é... na cabeça de criança isso vira um sopão daqueles.

Há poucos anos, por conta de uma doença associada à ingestão de peixe cru, um médico carioca previu que no verão 500 mil paulistas e 400 mil cariocas iriam morrer.

Bem... essa é até uma boa história. Pelo menos cariocas e paulistanos parariam de achincalhar com a cidade do outro, e de dizer que a cidade deles é o melhor lugar do mundo para se viver.

Não ia sobrar ninguém para ficar nesse bate-boca inútil e besta.

E se faltava alguma coisa nesse delírio apocalíptico não falta mais.

O “renomado” cientista britânico James Lovelock acaba de informar aos senhores e às senhoras radiouvintes que o “Aquecimento global é inevitável e 6 bi morrerão, diz cientista”.

Uau! Tamo ferrado!

"Gostaria de ser mais esperançoso", diz ele (como?)... "será uma época sombria”... "mas, para quem sobreviver, desconfio que vá ser bem emocionante” (inda bem que ele é um cadinho otimista).

Mas então, Dilma Rousseff, tá toda alegrinha pru mó de que?

Só porque bateu no mané do Aécio Neves?

Preste atenção no que diz o “renomado cientista”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário