quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

SE LIGA AÍ: Algumas leituras - quarta - 10122014



ÁFRICA
Brasileira Vale vende 15% das minas de carvão em Moçambique à japonesa Mitsui
A mineradora brasileira Vale confirmou a venda de 15 % das suas ações na mina de Moatize, na província moçambicana de Tete, à empresa japonesa Mitsui, num total de 450 milhões de dólares. Os japoneses investem também no Corredor Logístico de Nacala.

SAÚDE
Malária recua em todo o mundo, indica relatório da OMS
Entre 2000 e 2013, a taxa de mortalidade relacionada como o paludismo diminuiu 47% em todo o mundo e 54% na África, segundo o relatório anual da OMS, o que permitiu salvar o equivalente a 4,3 milhões de vidas.

Fundamentos da neurociência, por Eric Kandel
Obra de um dos mais influentes cientistas contemporâneos, Princípios de neurociências chega a sua 5ª edição. Aos 85 anos, Eric Kandel é um dos mais influentes cientistas contemporâneos. Ele passou mais de quatro décadas estudando um organismo muito simples do gênero Aplysia, um tipo de lesma-do-mar, para entender os mecanismos da memória, pesquisa pela qual recebeu o Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina em 2000. Os processos que ele desvendou são os mesmos que, no cérebro humano, regem as lembranças de curto e longo prazo.

TURISMO
Aeroportos brasileiros deverão movimentar 20 milhões de passageiros no fim de ano
Cerca de 20 milhões de passageiros deverão passar pelos principais aeroportos do Brasil neste fim de ano. As autoridades aeronáuticas estimam que o movimento de passageiros no período aumente 7% comparativamente ao mesmo período do ano passado.

DIREITOS HUMANOS
O nazista da piscina pensa igual ao coxinhas da Paulista. Ouça
"A Folha traz hoje reportagem mostrando que o professor Wandercy Antônio Pugliese está devidamente liberado pela polícia catarinense pra manter a sua piscina decorada com a cruz suástica nazista em sua piscina, em Pomerode.

O papa Francisco pediu uma mobilização global para combater o tráfico humano e a escravidão nesta quarta-feira (10), apelando aos consumidores para que boicotem bens que possam ter sido produzidos por trabalhadores explorados. Leia mais (12/10/2014 - 10h39)

Órgãos de defesa dos direitos humanos querem que agentes da CIA sejam processados por tortura
Relatório do Senado norte-americano afirma que agência usou técnicas "brutais" de interrogatório; AI fala em "impunidade das violações de direitos humanos"

CULTURA
A comparação do episódio “Special Service” da terceira temporada da série de TV “Além da Imaginação” (1988-89) com o filme “Show de Truman” (1998) revela didaticamente com a sensibilidade gnóstica atual está por trás de adaptações dos clássicos da TV e do cinema.

CIBERTERRORISMO
O estúdio de cinema da Sony pode enfrentar dezenas de milhões de dólares em custos gerados pelo grande ataque eletrônico que atingiu suas operações e expôs dados sensíveis, segundo especialistas em segurança digital. Leia mais

ÍNDIOS
Temporada de caça aos direitos indígenas está configurada
Hoje novamente está em pauta no Congresso nacional o projeto anti-indígena, a PEC 215 e amanhã o projeto do Senador Romero Jucá, ambos tentando negar aos povos indígenas o reconhecimento dos seus territórios. Aos defensores do Brasil sem índios, lembramos que apesar dessa sanha, os povos indígenas provam o contrário. Passaram de menos de cem mil na década de 60 para quase um milhão atualmente. Na América Latina são 35 milhões. Estão em Lima na COP 20 denunciando as destruições da natureza, o avanço do capitalismo verde, as violações dos Direitos Humanos.

Ruralistas ampliam ataque aos direitos fundiários dos povos indígenas
O Cimi - Conselho Indigenista Missionário repudia veementemente o texto do “Substitutivo à Proposta de Emenda à Constituição 215/2000” apresentado pelo deputado ruralista Osmar Serraglio (PMDB-PR), no dia 17 de novembro de 2014. A PEC 215/2000 e seu Substitutivo é descaradamente inconstitucional e ultrajante aos povos. Inviabiliza novas demarcações de terras indígenas. Reabre procedimentos administrativos já finalizados. Legaliza a invasão, a posse e a exploração das terras indígenas demarcadas.

REPÚBLICA
A sessão extraordinária está marcada para às 19h desta quarta-feira, data limite para aprovar ou desaprovar os gastos de campanha

Nenhum comentário:

Postar um comentário