domingo, 7 de dezembro de 2014

O Brasil continua engatado na ré



Só para recuperar a memória um pouco neste início:

- o jornalista Paulo Francis costumava dizer que o brasileiro é jeca.
- FHC, mesmo presidente, que o brasileiro é caipira.
- no senso comum, que o Brasil está de costa para a América Latina.

Sem muito esforço dá para resumir as três observações/constatações acima:

- conhecemos pouco e nos interessamos menos ainda por aqui pelo que acontece fora de nossas fronteiras;
- estamos presos às nossas manias e jeitos provincianos;
- não nos entendemos como latino-americanos, embora não nos entendamos como cidadãos do mundo, daí não sabermos o que somos.

“Tristes Trópicos”!

Talvez ajude um pouco observar duas matérias publicadas nos últimos 3 dias pelo sítio UOL (Folha de São Paulo) onde, não sem certa vibração e com um bocado de júbilo, se festeja que seo Barriga e Chaves tiveram menos like, curtidas e repostagem que um sujeito de um programa de TV  e uma pseudomodelo,internada após cometer umas burrices tentando fazer crescer a sua bunda.

“É nóis, mano”.

Por estas terras tupinambaras o atropelamento de um cachorro causa mais interesse que o desaparecimento (e massacre) de 43 jovens estudantes mexicanos, o que, parece, estar comovendo todos os cidadãos do mundo, menos o brasileiro.

Afinal, somos brasileiros com muito orgulho, com muito amor; não é mesmo?

Miopias

Enquanto rola esse rame-rame petistas X Aécio Neves, que aliás já está enchendo o saco, saem duas pesquisas de opinião, com números os mais interessantes.

DataFolha:Pesquisa DataFolha mostra que 68% responsabilizam Dilma por corrupção” - http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/12/1558727-.

O índice (68%) é bastante acachapante, e um bocado preocupante para Dilma Rousseff e para o Partido dos Trabalhadores.

Pode indicar que efetivamente se ruma para o impeachment da presidentE, posto, como está, que a maioria dos brasileiros a entendem como “corrupta”.

Resta entender agora onde esses 68% foram buscar essa informação e como, por conta dela, solidificaram as suas convicções.

A resposta mais rápida e precisa é que foram buscar nos meios de comunicação (rádios, TVs, jornais, revistas etc.).

Certo?

ERRADO!

Não foram buscar. Foram buscados. Foram capturados.

Há uma diferença enorme entre ser leitor, espectador ou seja lá o que for, de ser um buscador de informação, um ser capaz de ler o que está ou deixa de estar nas entrelinhas da informação.

Independente das simpatias partidárias e ideológicas, é de bom alvitre não ser uma massa inerte, amorfa; uma massa de manobra.

Ibope: “Satisfação com a democracia no Brasil cresce 13 pontos em 2014, diz Ibope” - http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,satisfacao-com-a-democracia-no-brasil-cresce-13-pontos-em-2014-diz-ibope,1603450 (José Roberto de Toledo e Rodrigo Burgarelli - O Estado de S. Paulo /07 Dezembro 2014 | 07h 40 / “Segundo pesquisa, 39% dos brasileiros estão ‘muito satisfeitos’ ou ‘satisfeitos’ com a democracia, a terceira maior taxa em 20 anos, ante 22% ‘nada satisfeitos’” e “Ao mesmo tempo, caiu de 40% para 30% a taxa dos “pouco satisfeitos” e de 29% para 22% a dos “nada satisfeitos”. Embora numerosos, é significativo que esses contingentes tenham caído, a despeito das manifestações por intervenção militar.”)

UAU! PUNK!

Dessa forma, não apetece a maioria dos brasileiros a Democracia, posto que apenas 39% de nós a apreciam “sem moderação”!

Ligando os pontos

Há pouca gente que consegue ligar uma pesquisa com a outra, um ponto com o outro, o lé com o cré, o tico com o teco.

Esperança de que essa gente mude em algum tempo, quem sabe em algum dia, eu não tenho.

Vez por outra, penso até em mudar a epigrafe deste blog – Do Irreal, conduze-me ao Real! // Das Trevas, conduze-me à Luz! // Da Morte, conduze-me à Imortalidade! (Brihad-aranyaka Upanishad) – para “Eu só ligo os pontos que você não consegue ligar”.

Mas será que vale a pena?

Temo que não!

Nenhum comentário:

Postar um comentário