quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

O blábláblá apocalíptico de Antônio Abujamra e Leonardo Boff




Crédito da imagem: ultradownloads.com.br

Estão “bombando” (o verbo bombar, nesse sentido, já está caindo em desuso) um vídeo do Antônio Abujamra e um texto do Leonardo Boff.

Abujamra fala que não aguenta mais isso, e mais aquilo; não suporta arrogâncias e não sei mais o quê.

Abujamra não gosta de arrogâncias?!?!?!? KKKKK. Isso é algum tipo de piada? Justo ele um arrogante de carteirinha e de papel passado?

Abujamra tem um programa na TV Cultura de São Paulo, um programa milenar, do tempo da Arca de Noé, chamado Provocações, que eu já apelidei de O Vovô está Gagá.

É de uma chatice incomensurável.

É um desfile de egos, mas o principal ego a desfilar em O Vovô está Gagá, que dá traço de audiência há milênios, é o do próprio Antônio Abujamra.

Enfim... uma merda de programa.

A camareira

O texto de Leonardo Boff está em Carta Capital (quem quiser conhecer dá um entradinha lá) e fala de “possíveis” cenários para o fim da humanidade; cita alguns cientistas que falam na possibilidade de o ser humano se auto extinguir dentro em breve, e outros devaneios apocalípticos do gênero.

Boff foi figura relevante na resistência à ditadura militar, um militante incansável da Teologia da Libertação; perseguido por João Paulo 2º, foi para o index librorum prohibitorum, da veneranda santa madre Igreja Católica Apostólica Romana; fez aquele arranjinho malandro que permite que o sujeito saia, sem sair, da Igreja de Pedro (quem é que quer perder a boquinha, não é mesmo?); guinou-se para os verdes, o que lhe angariou antipatias à esquerda; apoiou Marina nas duas eleições presidenciais nas quais a acreana foi candidata; guinou-se de novo ao PT nos segundos turnos; e por aí vai, ora batendo no cravo, ora na ferradura.

Açodado, escreveu, em 2011, um texto pesado e demagógico contra o diplomata francês do FMI, Dominique Strauss-Kahn, envolvido sexualmente com uma camareira em um hotel de Nova York.

A polícia nova-iorquina descobriu rapidamente que a camareira, Nafissatou Diallo, estava envolvida num sem-número de casos de chantagem. Esse era um deles.

O affair terminou num conveniente acordo entre as partes, e não se fala mais nisso, mas o mulherengo Strauss-Kahn acabou por perder o seu posto no FMI, e mais tarde a sua própria esposa, que inicialmente o apoiara.

Boff nunca se desculpou pela série de besteiras que falou à época.

Humildade não seria uma das qualidades cristãs?

Apocalipse

O novo blábláblá de Boff faz jus à melhor tradição do cristianismo: o sofrimento, a finitude do ser humano e a suprema bondade de Deus Todo Poderoso, que com toda certeza irá nos salvar dessas roubadas infinitas.

Mas no fundo, no fundo é a negação da capacidade do ser humano de superar os seus próprios limites, e, quiçá, os limites impostos pela física.

Espremendo o saco de coar café de Boff o que se tem, no fundo, no fundo, é um exacerbado anticientifissismo e um libelo anticiência, mal ajambrado.

Anticientifisismo

Es lo opuesto y la realidad se ve explicada por la intervención de un creador, dentro de estos existe una rama de pensamiento que se hace llamar teología, la cual dice que si bientodo puede ser explicado a través de leyes, teorías o hipótesis, la explicación última es atribuida a un creador. La mejor explicación a esto es el siguiente ej: La evolución. (http://www.buenastareas.com/ensayos/Anticientificismo/1270160.html )

Anticiencia
Anticiencia es una actitud crítica contra la ciencia y el método científico. Los anticientíficos, por lo general, objetan al reduccionismo en el que se basa la ciencia y consideran que esta ni es objetiva ni es universal. La anticiencia critica la percepción de poder y la influencia de la ciencia, y se opone a lo que perciben como una arrogante o cerrada actitud mental entre los científicos. La anticiencia se ha utilizado para referirse tanto a la Nueva Era y los movimientos posmodernos asociados con la izquierda política, y los socialmente conservadores movimientos fundamentalistas relacionados con la derecha política. (http://es.wikipedia.org/wiki/Anticiencia).

Abujamra e Boff são irmãos siameses, gente que entulha, em seus espaços, o mundo de desespero, arrogância, pseudo conhecimento e muita chatice.

Celebremos a vida e o ser humano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário