quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

A Petrobras vai falir?



A estatal do petróleo está em situação delicada. E a coisa se complica mais ainda, pois o petróleo brasileiro é o cerne das discussões nacionalistas desde a década de 30.

Eu torço, mas não vejo como dar um fim nessa baranguice de nacionalismo.

Mas vamos à História.

(WP) [Em 1936, diante dos obstáculos impostos pelo governo Vargas à exploração de petróleo, Monteiro Lobato lançou O Escândalo do Petróleo, no qual acusava o governo de "não perfurar e não deixar que se perfure". O livro esgotou várias edições em menos de um mês.
O Escândalo do Petróleo foi censurado em 1937 por Getúlio Vargas, no mesmo ano em que o escritor lançou O Poço do Visconde. Na obra supostamente infantil, diz que "ninguém acreditava na existência do petróleo nesta enorme área de 8,5 milhões de quilômetros quadrados, toda ela circundada pelos poços de petróleo das repúblicas vizinhas". Monteiro Lobato acaba sendo preso em 1941, ironicamente por uma ordem partida do General Horta Barbosa, que mais tarde seria um dos líderes da Campanha do Petróleo.]

Ou seja, pra quem não conseguiu entender até agora, ML é um dos fomentadores da campanha, e GV, supostamente, um entreguista (e isso depende dos óculos que cada um usa).

De lá para cá se deu origem a uma das mais eficientes empresas mundiais na exploração e no refino do petróleo (o que é bom), e o Brasil continua gastando petróleo a rodo e tendo ainda de importar o produto numa sangria danada dos recursos públicos (o que é péssimo).

O pior da história

Como sempre o pior da história é a ignorância. Tem gente misturando a crise (mais uma) mundial do petróleo com a corrupção que grassa solta (sem trocadilho com o nome da presidente da estatal) na Petrobras. Misturando tudo, e dizendo que o PIG, os entreguistas e blábláblá estão querendo ”entregar as nossas riquezas naturais (nossas de quem cara pálida?)” aos estrangeiros e outras sandices do gênero.

Nessa malucagem toda quem está colaborando muito são os chamados blogueiros (in?) dependentes, que colocam no mesmo balaio EUA, Síria, Irã, e o cacete a quatro para provar por A + B que o mundo todo conspira contra o PT.

Sério?!?!?!

É o xisto, idiotas!

A briga, na verdade, é dos países produtores de petróleo contra os EUA, que começam a explorar o xisto para a produção de combustíveis, e podem quebrar a espinha dorsal da OPEP.

Na contramão da lógica cartesiana, a OPEP aumentou a produção (extração) do petróleo, derrubou o preço do produto no mercado internacional, e com isso busca quebrar os EUA antes que eles os quebrem.

Se não entendeu nada até agora, pode parar por aqui e vá assistir novelas e passear no shopping center.

Corrupção

Simplicinho assim: a perda de valor da Petrobras no mercado internacional tem nada a ver com esse imbróglio todo, ou tem a ver, mas de forma tangencial.

O que pega na Petrobras é a imensa corrupção que grassa (mais uma vez sem trocadilho) lá dentro, e ameaça contaminar o governo todo, e botar a pique o segundo governo de Dilma Rousseff.

Se você chegou até aqui, e ainda acha que tudo isso não passa de um grande complô internacional contra o Partido dos Trabalhadores sugiro que você se vista de vermelho, pegue uma bandeira do partido e saia pela rua cantando em altos brados: “eu sô brasilero, com muito orgulho, com muito amor...”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário