quinta-feira, 8 de maio de 2014

Protejam-se! O PT está fazendo chover bolinhas de papel




No Rio de Janeiro, durante a última campanha à Presidência da República, o candidato tucano, José Serra, foi alvejado por um objeto rombudo, contundente e pesado.

Um verdadeiro atentado, obra, obviamente, dos malvados dos militantes petistas.

Serra, que só percebeu, depois de convenientemente avisado por sua assessoria, que fora alvo desse maligno atentado uns 40 minutos depois fez até tomografia computadorizada.

Foi o maior sucesso no Jornal Nacional, no blog do Reinaldo Azevedo (Veja), na Folha de São Paulo, em O Estado de São Paulo, em O Globo, nas emissoras de rádio, em outras TVs, na internet e naqueles veículos que não produzem absolutamente nada, apenas vivem de reproduzir o que dizem esses acima.

Estávamos às portas de uma guerra civil e o povo, burro e adestrado, ainda iria eleger uma búlgara guerrilheira, que, desgraça das desgraças, era do mesmo partido dos perigosos terroristas cariocas.

Ainda bem que Deus é brasileiro, nós todos somos cristãos e assim como Jó sabemos perfeitamente conviver com as nossas vicissitudes.

E a vida segue.

Novas bolinhas

Segue tanto que já chegamos ao tempo de uma nova eleição à Presidência da República, e não é que a búlgara guerrilheira, não contente com o que os seus asseclas petistas fizeram com o coitado do Serra há quatro anos, é candidata de novo?

O que esperar disso?

Uma chuva, que, aliás, já começou, de objetos rombudos, contundentes e pesados.

Sai de baixo Aécio Neves.

O primeiro ataque dilmo-petista chega em forma de dilúvio, mancomunada como está a búlgara com os comuno-bolivarianos de nossa latino-américa.

Vejam lá se não tenho razão para esse alarde todo.

“A Câmara dos Deputados aprovou no último dia 23 o Projeto de Lei Complementar 276/02, que autoriza o ministro da Defesa e os chefes das Forças Armadas a autorizar o trânsito e a permanência temporária de força estrangeiras no país. De autoria do Executivo, o projeto altera os casos previstos na legislação em que a competência para determinar o ingresso de forças estrangeiras é privativa da Presidência da República, independentemente de autorização do Congresso Nacional.”

Acuma é?

Pois é amigas e amigos. A búlgara está abrindo as nossas fronteiras para a entrada de forças estrangeiras.

Como é que é? A PL vem apenas atualizar uma lei que já existe desde os tempos das naus de Cabral e que permite a passagem de aviões e navios militares procedentes de países vizinhos pelo espaço territorial brasileiro, atracamento de navios de guerra estrangeiros nos nossos portos, envio de tropas para ações humanitárias e de resgate, e a vinda de militares estrangeiros para trocas de conhecimento em Ciência e Tecnologia?

E o que é que eu tenho a ver com Cabral e suas naus, com os espaços aéreos, com os atracamentos e com esse quéquéqué de Ciência e Tecnologia?

Essa lei é coisa do Palácio do Planalto, e o Palácio do Planalto está tomado há quase 12 anos pelo obscurantismo lulo-dilmo-peto-bolivariano.

Coisa boa não pode sair de lá!

Ora essa já não nos bastava os médicos cubano-comunistas agora nos vem mais esta?

Tenha santa paciência!

Sai não!

Mas peralá. Nem pense em despregar os olhos desta tela, pois a chuva continua.

Agora nos vem esse perigosíssimo infante terrorista comuno-petista de nome Rodrigo Pilha a xingar e a filmar o sempre cândido, ilibado e escorreito Joaquim Barbosa e em nome e em defesa de quem, santo Deus? Nada mais, nada menos que em nome do perigosíssimo José Dirceu.

E não é que mesmo perdendo o emprego na Câmara dos Deputados, depois dessa palhaça toda, o intrépido ser o mal, o Pilha, resolveu se indispor com o sempre calmo, educado, generoso e sorridente deputado federal paulista Aloysio Nunes?

E foi mais longe o fedelho e ousado terrorista: arremessou uma portentosa garrafinha de água mineral em direção a Nunes, e ainda mandou ver um recadinho tipo debochado ao nobre parlamentar: “leva pra SP que lá está faltando água”.

Só faltou , não sei por que faltou, que o Pilha criasse um slogan para a São Paulo donatariada há anos pelos tucanos: “Visite São Paulo, mas não se esqueça de levar a sua própria água”.

Aonde o mundo vai parar desse jeito, meu Deus!?!?

Nenhum comentário:

Postar um comentário