quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Vamos ser sensatos e seguir os bons e os sábios




Crédito da ilustração: www.ohistoriador.com.br 

Enfim chegou 2014, o ano da Copa do Mundo, o ano da eleição presidencial.

Esperamos vivamente (pelo menos a maioria espera) que o Brasil vença a Copa do Mundo.

Muitos esperam manter o PT no Palácio do Planalto com a reeleição de Dilma Rousseff.

Muitos esperam que o PT seja escorraçado do Palácio do Planalto não importando quem vai ocupá-lo a partir de janeiro de 2015.

Todo mundo espera alguma coisa, assim como muita gente espera por novas manifestações como as de junho de 2013, para, quem sabe...

E muita gente vai repetir o velho discurso do voto não obrigatório e da necessidade de se diminuir radicalmente o número de partidos para, quem sabe?, chegarmos ao bipartidarismo.

O exemplo a ser seguido? Claro que é o norte-americano, onde o voto não é obrigatório e existem apenas dois partidos.

Existem apenas dois?

Vamos à listinha. Será um pouco longa, mas... paciência.

Partidos políticos nos EUA

Partido Democrata, Partido Republicano, Partido Verde, Partido Libertário, Partido Reformista (Partido da Reforma), Partido da Constituição, Partido Independentista Portorriquenho (PIP), Partido Independentista do Alasca, Partido Aloha Aina do Havaí, Partido Primeiro da América, Partido da Herança Americana, Partido da Independência Americana. Partido Independentista Americano, Partido Reformista Americano, Partido Patriota Americano, Party of the American Knavery, Charter Party of Cincinnati, Ohio, Partido Comunista dos Estados Unidos, Partido Comunista Operário da América, Orthodox of the Eastern Church American Party, Partido Conservador de Nova Jérsei, Partido Conservador de Nova Iorque, Partido Conservador do Texas, Partido Constitucionalista, Partido Plutocrático Inglês, Partido Oligárquico Americano, Sovereign's Party, Partido da Nova Ordem Católica Teocrática Norte-Americana, Partido Multiculturalista de Illinois, Partido da Ação constitucional, Covenant Party (Northern Mariana Islands), Partido Falconista, Partido Reacionário Conservador Liberal-Democrata Americano, Partido dos Valores Familiares, Partido Socialista da Liberdade, Grassroots Party, Partido Verde dos Estados Unidos, Partido Independentista de Minesotta, Partido da Independência Americana, Partido do Movimento dos Cidadãos Independentes (US Virgin Islands), Partido dos Trabalhadores, Liberal Party (New York State), Partido da Liberdade e União, Partido da Montanha (West Virginia), Partido da Lei Natural dos Estados Unidos, Partido Novo, Partido Novo Progressista de Porto Rico, Partido da Nova União, Partido do Direito à Vida de Nova Iorque, Partido da Paz e Liberdade dos Estados Unidos, Partido da Escolha Pessoal, Partido Popular Democrático de Porto Rico, Partido Populista (Nader 2004-affiliated, unrelated to earlier so-named parties), Partido Progressivo de Vermont, Partido das Proibições dos Estados Unidos, Partido Independentista Portorriquenho, Partido Reformista dos Estados Unidos, Partido Republicano Moderado (Alaska), Partido Comunista Revolucionário, Partido da Ação Socialista, Catholic Party of America, Partido da Ação Renovadora Nacional, Comunista/Leninista Americana, Partido da Alternativa Socialista, Partido da Igualdade Socialista, Partido Socialista dos Trabalhadores da América, Partido Socialista dos Estados Unidos, Partido Socialista dos Trabalhadores, Partido Sulista, Partido da Independência Sulista, Partido da Liga Espartacista, Partido dos Cidadãos Unidos, Partido Pacifista dos Estados Unidos, Partido "Nós, o povo", Partido dos Trabalhadores do Mundo, Partido Trabalhista dos Estados Unidos, Partido das Famílias Trabalhadoras. (WP)

Surpreso? Se prepare que não terminou ainda.

Já que a história é comparar o Brasil com os EUA, vamos à listinha de partidos brasileiros.

Aqui também ela será um pouco longa, mas... paciência.

Partidos Políticos no Brasil

Partido Comunista Brasileiro (PCB), Partido Trabalhista Nacional (PTN), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido Socialista Brasileiro (PSB), Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), Partido Democrático Trabalhista (PDT), Partido dos Trabalhadores (PT), Partido da Mobilização Nacional (PMN), Democratas (DEM), Partido Social Cristão (PSC), Partido Trabalhista Cristão (PTC), Partido Verde (PV), Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB), Partido Republicano Progressista (PRP), Partido Popular Socialista (PPS), Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), Partido Social Liberal (PSL), Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Partido Social Democrata Cristão (PSDC), Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Partido Progressista (PP), Partido da Causa Operária (PCO), Partido Republicano Brasileiro (PRB), Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Partido da República (PR), Partido Pátria Livre (PPL), Partido Republicano da Ordem Social (PROS), Partido Social Democrático (PSD), Partido Ecológico Nacional (PEN), Solidariedade (SDD) (WP)

Partidos em processo de coleta de assinaturas

Ação Libertadora Nacional (ALN), Aliança Renovadora Nacional (Arena), Libertários (Liber), Partido da Construção Imperial (PCI), Partido da Mulher Brasileira (PMB), Partido da Real Democracia (PRD), Partido de Representação da Vontade Popular (PRVP), Partido dos Servidores Públicos e dos Trabalhadores da Iniciativa Privada do Brasil (PSPB) ,Partido Federalista (PF), Partido Liberal Brasileiro (PLB), Partido Militar Brasileiro (PMB), Partido Novo (Novo), Partido Ordem e Progresso (POP), Partido Pirata do Brasil (Piratas), Partido Popular de Liberdade de Expressão Afro-Brasileira (PPLE), Rede Sustentabilidade (Rede),Partido Povo (Povo) (WP)

Diferenças há

Dirá você com um pouco de desatenção e um bocado de afetação: “orra, meo! Há diferenças...”

Há? E quais seriam elas?

Lá não há políticos corruptos? Os partidos não fazem conchavos? Não se desvia dinheiro público? Não se aceita propina e nem financiamento privado para campanha?

É isso não, meu caro, esparso e desatento ledor.

Desde 4 de julho de 1776 que os EUA se forjaram na composição de uma elite dirigente, que se forma “nas melhores escolas do País”, tipo Universidade Columbia, por onde passou Barack Obama.

Não importa que ele seja negro, democrata; que tenha origem no Quênia e tenha nascido em Honolulu, no Havaí.

Importa que – para o bem ou para o mal – ele foi moldado para dirigir o País ou uma grande corporação multinacional – o que dá exatamente no mesmo.

Aqueles cinco ou seis partidos da primeira listinha acima, após os partidos Democrata e Republicano, também lançam candidatos para a presidência dos EUA, eleição sim, outra também.

Você já soube de algum presidente eleito por algum deles?

Você imagina (goste-se ou não dele) um ex-operário tipo Lula da Silva eleito presidente dos EUA?

Você imagina (goste-se ou não dela) uma ex-guerrilheira tipo Dilma Rousseff eleita presidente dos EUA?

Deu pra entender?

Se não deu, problema seu, que desenhar eu não vou.

Ah... a história da obrigatoriedade ou não do voto fica para um outro texto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário