terça-feira, 23 de julho de 2013

O troco de Barbosa em Dilma foi pensado e premeditado



A esnobada que o ministro Joaquim Barbosa deu ontem, no Rio (veja aqui: http://www.youtube.com/watch?v=EB4AHlgtWHg), na presidente Dilma Rousseff é reflexo das rusgas entre o Palácio do Planalto e o STF.

E mais do que isso: é um troco pensado e premeditado ao olhar gélido e fulminante que Rousseff lhe desferiu durante o velório de Oscar Niemeyer, ano passado.

Rousseff e Barbosa têm o que se chama de “personalidade forte”. É o tipo de gente que não leva desaforo para a casa. Mais dia, menos dia o troco vem.

Às suas maneiras, ambos ajudam um pouco a acabar com essa besteira do mito do “brasileiro cordial” – um mito que apenas serve para quem está no poder – seja ele qual for, e perpetua a tirania, a injustiça e a desigualdade.

Em cerimônia no Palácio Itamaraty, em 2009, quando do lançamento do Programa Direito à Memória e à Verdade, o então ministro de Direitos Humanos de Lula, Paulo Vannuchi, citou dois perseguidos pela ditadura militar e que também eram (seriam) candidatos à presidência da República no ano seguinte: Dilma Rousseff e José Serra.

Dilma nem disfarçou. Olhou ostensivamente para o lado oposto onde estava Vannuchi e não mais virou o rosto, visivelmente contrariada com a fala do ministro lulista.

Vannuchi era nome certo para manter-se no cargo numa eventual vitória de Dilma nas urnas.

Era, porque nunca foi ministro dilmista.

Clima de FlaXFla

A discussão que hoje está rolando nas redes sociais e nos espaços de comentários da imprensa, na internet, infelizmente – e como era esperado – se transformou numa contenda entre os apoiadores de Dilma e quem idolatra Barbosa.

Perde-se, como sempre acontece, uma vez mais, a oportunidade de se aprofundar debates, de rever a história, de retocar a maquiagem da hipocrisia nacional.

Mas vivemos num País onde tudo se transforma num embate entre torcedores de futebol, com as suas insanidades e burrices.

Fazer o que? Estamos no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário