terça-feira, 16 de julho de 2013

E o povo de Deus saiu com suas armas para guerrear



Uma entrevista ao 2 Chopes (Yahoo) com PC Siqueira está causando o maior alvoroço.

PC Siqueira diz ser o anti-Cristo e afirma que o apresentador de TV Luciano Hulk “representa o 'coxismo' paulistano”.

A entrevista na íntegra pode ser acessada neste link: http://br.noticias.yahoo.com/v%C3%ADdeo/2-chopes-com/?vp=1

Quem é PC Siqueira?

Trata-se de Paulo Cezar Goulart Siqueira, um vlogueiro, ex-ilustrador e ex-VJ da MTV, e hoje um dos sujeitos mais acessados e mais polêmicos da Internet.

PC Siqueira é antes de tudo um provocador – um provocador de esquerda -, assim como são provocadores – de direita – Diogo Mainardi e Reinaldo Azevedo – demonizados pela esquerda.

A gente só demoniza aquilo com o que não concorda. Simples assim.

PC Siqueira já havia “causado” há algumas semanas com o vídeo “Diferença entre Direita e Esquerda” - http://www.youtube.com/watch?v=5pPsAAnNHl0 – quando ele começa a detonar o coxismo das manifestações de rua no Brasil.

Reações indignadas

Até hoje pela manhã, 3.585 pessoas haviam comentado o vídeo do 2 Chopes.

Exceção a um pequeno grupo inferior a 10 pessoas, a maioria absoluta fulminou em seus comentários as heresias de PC Siqueira.

E algumas coisas chamam atenção nesse enorme grupo de indignados.

Jovens – a maioria absoluta é formada por jovens. Gente de classe média (média média, média baixa e a nova classe C).

Foi esse tipo de gente que saiu às ruas nas manifestações de junho. Que exigiu um País mais justo. Saiu contra a corrupção, contra a impunidade, contra a violência, contra os políticos; por um futuro melhor e por liberdade de expressão.

Saiu por isso mesmo?

Mulheres – boa parte dos comentadores é formado por mulheres. As mulheres sempre me preocuparam. Não me vi ainda com estofo intelectual para discutir o que acho ser um grave problema: o conservadorismo das mulheres.

Mas é facilmente percebível esse conservadorismo feminino nas pesquisas de opinião e nas eleições. O maior grupo de conservadores e anti-programas sociais é formado pelas mulheres.

A sociologia não deu conta dessa história provavelmente por pudor e/ou por medo da reação feminista.

Quem dá um toque legal nessa história do conservadorismo feminino é Oliver Stone, em Born on the Fourth of July / Nascido em 4 de Julho (1989), através da figura da mãe de Tom Cruise, interpretada por Caroline Kava.

Evangélicos – vá lá que no meio da enxurrada de indignações contra o Anti Cristo existam católicos, mas a maioria absoluta – quase a totalidade – é de jovens evangélicos.

A linguagem é sempre a mesma usada por eles em todo os lugares. Simples assim.

E em meio à palavra DEUS lá se foram “filho da puta”, “vá tomar no cu”, “dá a bunda”, “é retardado” e por ai vai.

Cristãos?

Se Deus existe mesmo Ele nos podia fazer um grande favor: livrar a Terra desse tipo de gente

Nenhum comentário:

Postar um comentário